Livro dirigido a crianças do jardim de infância e 1º ciclo.

Inclui secção "sabias que..." sobre a Convenção sobre os Direitos da Criança".

 

Sinopse

Vários seres vivos metidos em trabalhos por causa de um ser morto: o muro. Há os que o criaram, os que se aproveitam dele e os mais frágeis, que sofrem as consequências da sua existência. Afinal o que é aquilo? Para a Toupeira, aquilo é o ladrão da sua despensa; para o Cavalo, aquilo é o entrave ao seu caminho; para o Mosquito, aquilo é a separação da sua família. Das perspetivas diferentes surge uma conversa e uma consulta à Árvore sábia, enquanto as oportunistas Aranhas se agigantam e acabam por enredar o Humano nos conflitos que ele próprio criou. É necessário derrubar o muro e restabelecer o equilíbrio entre todos, mas como?

*

Como falar de direitos às crianças? Como dizer-lhes que elas têm direitos, quando o que mais nos ocupa, enquanto pais e educadores, é ensinar-lhes os deveres? Como falar-lhes de uma palavra tão imensa como “liberdade”? Certamente, dando-lhes referências, algumas pistas seguras para construírem esse território: falando-lhes da importância do conhecimento, da compreensão, do respeito, da convivência. Ajudando-as a perceber os verdadeiros limites, onde os muros se tornam absurdos. Acompanhando-as no desenho de uma liberdade com os outros, onde os direitos são também regras, porque ninguém está só.

Nesta fábula, procuramos esse caminho.

História de um Muro

€12.00Preço
  • A autora Isabel Fernandes Pinto realiza sessões de leitura e autógrafos, com os seus livros, nos estabelecimentos de ensino. Para solicitar informações ou realizar uma pré-reserva, envie-nos um e-mail com o seu pedido.